Home Decor
17/02/17
Compartilhe:

Saiba como escolher a cortina perfeita para a sua casa!

São tantos detalhes na hora de escolher os itens da casa nova que até enlouquecemos, não é? As variações de modelos de cortinas, por exemplo, são várias e muitas vezes escolher o item, que além de decorativo ainda auxilia no controle de luminosidade natural, pode ser uma tarefa bem complexa.

Existem diversos itens que interferem nessa escolha, como o ambiente, o tamanho do local, o estilo da sala, as cores e, principalmente, o dinheiro!

Há quem prefira as persianas pela sua praticidade, mas é fato que a cortina de tecido tem um charme todo especial, afinal de contas, ela é a moldura da decoração. Assim, nada melhor do que ficar atento na hora da sua escolha para evitar erros que prejudiquem o visual da casa. E aí muitas dúvidas podem surgir, como tamanho, altura ou tecido. Por isso resolvemos separar aqui algumas dicas super úteis para facilitar sua vida na hora de escolher uma cortina pra sua casa.

Se você está nessa parte da decoração da casa e fica toda confusa para escolher a cortina, não se preocupe! A URBI arquitetura  separou algumas dicas para dar aquele help para todas vocês que estão precisando de um “empurrãozinho”. Confira:

  • Dica 1

Medir bem a largura e altura da janela. É ideal sempre manter uma folga de tecido para a cortina ficar bem cheia e não faltar pano nas laterais. Exemplo: Se a janela tem a largura de 3 metros, pode deixar uma folga de 20 cm para cada lado. Peça sempre esta folga para as empresas que forem instalar as cortinas.

  • Dica 2

Utilizar o gesso como elemento para esconder o trilho da cortina. Sendo este um ítem pensado ainda em obra, mas garante um ótimo acabamento no ambiente. É o que nós arquitetos chamamos de Cortineiro. Que é um acabamento com largura e rebaixo do gesso de aproximadamente 15 cm, onde o trilho da cortina fica embutido. O cortineiro é bem vindo para muitos ambientes como quarto, sala, cozinha…

  • Dica 3

Saber se sua janela tem muita incidência de luz, ou seja, se entra muito sol. Neste caso, será preciso pensar em um bloqueio solar, utilizando mais de uma camada de tecido para obter um bom resultado. Normalmente, um forro grosso como o black-out é o ideal para compor a primeira camada. Hoje temos opções para black-out com tecidos mais elaborados e mais leves.  Sempre recomendamos black-out para quartos,pois ajuda na qualidade do sono, deixando o ambiente mais escuro e fresco.

  • Dica 4

A segunda camada da cortina pode ser um tecido mais leve e decorativo, sendo aqui a melhor parte. Neste caso pode ser um tecido voil, renda, seda, palha, linho…Tudo vai depender dos elementos presentes no ambiente.

  • Dica 5

Utilizar Varões como acabamento. Uma das sustentações mais práticas e fáceis, pois o varão é fixado direto na parede e pode ser encontrado em diversos acabamento como: cromado, madeira e pintado com tintas. Neste caso, para obter o tamanho certo do varão tire a medida da janela e deixe uma folga de aproximadamente 20 cm de cada lado. Assim, o tecido da cortina não fica muito justo e facilita o fechamento.

  • Dica 6

Cortinas para salas os tecidos podem ser mais leves e transparentes como microfibra, voil, seda, renda, cambraia.. E também modelos como rolo, romana e painel são ótimas opções para deixar a sala mais moderna.

  • Dica 7

Cortinas para sala de home theater  devem ser mais pesadas e escuras, para controlar a luminosidade, como as sarjas, crepes e veludos. E persianas motorizadas para salas mais modernas e que possa ter um maior investimento financeiro.

  • Dica 8

Cores, composição e texturas. Este talvez seja o item mais difícil pois requer bom gosto e criatividade. Cores mais neutras são mais atemporais, e não enjoando tanto.

As texturas e cores vivas são opções mais ousadas e podem dar um charme a mais no espaço.  Na verdade, não existe uma regra específica e por isso recomendamos a orientação de um arquiteto e/ou profissional de interiores para quem não tiver muita certeza.

  • Dica 9

Meça sua janela e confira as medidas. Confira duas vezes pra ter certeza de que não vai errar. O ideal é que a cortina passe nas laterais e na parte superior pelo menos 15cm. Se a parede onde está a cortina não tem nenhum empecilho para que ela vá até o chão, ela deve ir até o piso. Dessa maneira, elas ficam com um acabamento muito mais sofisticado.

Você pode escolher que ela acabe logo ao tocar o piso ou que se arraste um pouco, questão de preferência. Isso também pode ter um pouco a ver com o caimento que você deseja, com o tecido usado e até com o uso da cortina. Se a movimentação for muito grande não é prático que ela fique arrastando.

Gostaram das dicas meninas? Eu adorei e já as coloquei em prática aqui em casa!

Entre em contato com a equipe da URBI arquitetura e agende um horário para tirar todas as suas dúvidas! Vale SUPER a pena!

Avenida Jamaris, 64, cj 103 bloco B

Cep: 04078-000

+55 (11) 3746.5534| 9.9970.1884 | 9.8088.0107

[email protected]



O que você procura?

Publicidade
Publicidade
Publicidade