Casamentos Reais
29/11/16
Compartilhe:

Noiva fica de ‘collant’ para dançar e critica machismo

O casamento é o dia mais especial da vida de um casal, e há algum tempo a tradicional valsa tem dado espaço também para outras coreografias e danças. Foi tentando inovar que o casal de empresários passou por uma situação pra lá de chata!

A noiva acriana Paula Marques, 29 anos,  recebeu inúmeras visualizações, curtidas, comentários e até mesmo xingamentos nas redes sociais, por conta de um vídeo em que dança no próprio casamento.

Tudo isso porque o noivo, Antônio Neto  de  27 anos, empolgado com um vídeo de uma noiva dançando Beyoncé para o marido, que também viralizou,  teve a ideia de fazer algo semelhante no casamento deles, no último dia 12.

materia

Várias pessoas, quando viram o vídeo dessa noiva dançando, me marcaram [nas redes sociais]. Resolvi fazer a minha dança, com músicas que gostamos, ao nosso estilo. Nos ensaios, fiquei morrendo de vergonha, achava que não ia conseguir, mas, na hora, saiu uma dança bem legal”, relatou a Noiva, que ensaiou com um coreógrafo.

O vídeo do casamento em que os dois aparecem dançando “Sim ou Não”, dueto de Anitta com Maluma, e o funk “Vou Desafiar Você”, do MC Sapão,  ultrapassou mais de 1,6 milhão de visualizações em pouco mais de 10 dias.

Os noivos começaram a dança com a romântica música “Thinking Out Loud”, de Ed Sheeran.  Depois se esbaldaram e sensualizaram na pista ao som de Anitta e MC Sapão. Confira:

“Na hora da primeira música estava tudo muito calmo. Ninguém [além do noivo, mãe e irmã] imaginava que eu fosse tirar a saia longa. (…) Todos começaram a gritar, quando acabei a dança, todos vieram me abraçar, parabenizar, todos sem exceção, tenho certeza que adoraram”, afirma Paula.

Na festa o casal fez o maior sucesso, porém nas redes sociais não foi bem assim! Paula e Antônio se depararam com a reprovação de muitos desconhecidos que diziam que a dança era sensual demais para um casamento, que estavam envergonhados, que a roupa era inapropriada etc.

Em uma postagem no Facebook, Paula critica a posição machista que não seria “só de homens da caverna, mas também de mulheres”, segundo ela. Paula também relacionou as críticas à “mania de alguns brasileiros de acharem bonito ou legal apenas as coisas dos gringos”. “Talvez a grama do vizinho seja mais verde”, suspeita.

sem-titulo-6

As mulheres são reflexo da sociedade em que foram criadas. A sociedade ainda é muito machista. Se fosse ele tirando a roupa seria lindo? Só porque eu tirei uma saia acham que fui vulgar. Acho que uma dança ou uma vestimenta, seja ela qual for, não vai medir meu caráter”, revelou a noiva.

Super satisfeita com sua performance  e mais preocupada com os mergulhos que faria no Caribe, onde passou sua lua de mel,  Paula contou que também leu vários comentários positivos. “As pessoas curtiram, seja a ideia, a dança ou apenas a nossa coragem de fazer diferente, então isso já me deixa feliz o suficiente.


O que você procura?

Publicidade
Publicidade
Publicidade