Casamentos Reais
11/10/17
Compartilhe:

Cachorro que invadiu casamento e deitou no véu da noiva é adotado pelo casal

Vocês se lembram quando saiu a notícia de um cachorro vira-lata que entrou no casamento e deitou no véu da noiva? A história comoveu todo mundo e dessa vez, recebemos uma grande novidade!

O cachorro vira-lata que invadiu a cerimônia de casamento do casal Marília Pieroni e Matheus Martins, em Laranjal Paulista (SP), e “roubou” a cena teve um final feliz. Comovida com o animal que a escolheu para se abrigar da chuva, Marília decidiu procurar pelo cão e adotá-lo para dar a ele um novo lar.

Com a ajuda de uma amiga, ela o achou em um bairro perto de onde aconteceu o casamento.

Eu fiquei comovida com o que ele fez e como amo animais, resolvi adotar. Uma amiga me falou onde ele estava. Fomos até o local e encontramos ele perto do clube. Já colocamos coleira, comprei brinquedinho e o levamos para casa dos meus pais, pois moro em apartamento que não pode ter cachorro. Ele foi muito manso comigo, apesar de ter ficado um pouco assustado. Estou muito feliz e estou achando o máximo. Agora, o próximo passo é levá-lo ao veterinário e cuidar muito dele“, disse Marília.

(Foto: Arquivo Pessoal/Marília Pieroni)

(Foto: Arquivo Pessoal/Marília Pieroni)

(Foto: Arquivo Pessoal/Marília Pieroni)

Muitos convidados já tinham apelidado o vira-lata de Snoop, Marília conta que esse continuará sendo o nome dele. “Vamos manter o nome. Combina com ele“, disse ela!

Ainda de acordo com a servidora pública (a noiva), o cachorro foi um presente de casamento. “Não sei se ele nos escolheu ou se, no final, fomos nós que o escolhemos. Só sei que quando veio para casa parece que deu risada. Ele não parou de correr e está feliz. Foi um presente para a gente. Como moro pertinho da casa dos meus pais, vou sempre vir olhar ele. Ele é meu e parece que sabe disso, porque se aproxima de mim diferente”, acrescentou.

(Foto: Arquivo Pessoal/Marília Pieroni)

(Foto: Arquivo Pessoal/Marília Pieroni)

(Foto: Arquivo Pessoal/Marília Pieroni)

(Foto: Arquivo Pessoal/Marília Pieroni)

Ao site do G1 a noiva contou que sempre sonhou em ter um casamento ao ar livre e escolheu o mês de setembro por chover menos. Foram dois anos planejando a cerimônia. Porém justamente nesse dia, 30 de setembro, choveu.

As coisas acontecem como tem que acontecer, né? O destino é lindo!

Linda atitude, né?!



O que você procura?

Publicidade
Publicidade
Publicidade